Lei do bem e inovação

O chamado PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) pode ser resumido como a criação de novos produtos ou novo processo de fabricação, bem como a inclusão de novas características ou funcionalidades ao produto ou processo, que traga melhorias incrementais e efetivo ganho de qualidade ou de produtividade, resultando em maior competitividade no mercado.

Mais conhecida como “Lei do Bem”, a Lei nº 11.196/05 é uma lei federal que criou incentivos fiscais para empresas que atuam com pesquisa e desenvolvimento tecnológico. Estes benefícios aplicam-se às pessoas jurídicas com regularidade fiscal, sob regime de tributação do Lucro Real, que tenham obtido lucro fiscal no ano-calendário.

Não são considerados para fins de utilização dos incentivos, as somas determinadas como recursos não reembolsáveis (Subvenção Econômica, por exemplo). Estes incentivos fiscais foram gerados com o objetivo de estimular investimentos privados em pesquisa e desenvolvimento tecnológico.

Um dos maiores incentivos é a possibilidade da dedução da base de cálculo do IRPJ/CSLL, de todos os valores (salários e encargos diretos) utilizados com profissionais dedicados às atividades de PD&I, além de custos com insumos de laboratório para ensaios, materiais consumidos em testes protótipos, gastos com universidades, Instituição Científica e Tecnológica, microempresas e EPP.

Gostou do conteúdo? Manda um recado pra nossa equipe: www.dmsys.net.br/contato

Recuperação de crédito ao seu favor. Você sabia que a sua empresa pode restituir até cinco anos de impostos pagos a maior ou indevidamente?

Existem inúmeras maneiras para melhorar a condição financeira das empresas de uma forma eficiente, uma delas é reduzindo custos com tributos. Através da consultoria tributária você recebe um diagnóstico que apresenta potenciais créditos tributários, incluindo pagamentos indevidos, e o não aproveitamento de créditos ou benefícios fiscais.

Com o nosso sistema podemos detectar impostos pagos indevidamente, ao retroagir os últimos cinco anos, nos termos do Artigo 168 inciso I do CTN, Art. 74 da Lei nº 9.430/96, Art. 66 da Lei nº 8.383/91 e da IN RFB nº 1.717/17. O processo é efetivado perante o Fisco, no âmbito administrativo e judicial, caso necessário através de restituição, ressarcimento ou compensação.

A Dmsys entrega o relatório final em até 40 dias úteis. Agilidade e segurança jurídica para aumentar o fluxo de caixa em curto prazo. Trabalhamos com eficiência para que você continue aprimorando a lucratividade e longevidade do seu negócio. Fale conosco, agende seu atendimento por vídeo chamada ou WhatsApp e saiba mais sobre nossos serviços.

Entre em contato acessando o link abaixo:
https://dmsys.net.br/contato/